Dia Nacional do Café

1 Flares Twitter 0 Facebook 1 Email -- Google+ 0 1 Flares ×

Hoje comemoramos o dia Nacional da Café

Você sabia que não é só aqui no Brasil que essa bebida fez e faz história? Para chegar até o contexto da bebida em nosso tempo e país faremos um retorno no tempo e espaço.

História do café – Onde tudo começou

A maioria dos relatos sobre o assunto dão conta de que o café, na forma mais próxima como saboreamos hoje em dia, foi inventado por um Monge que se refugiou nas montanhas da Arábia. Diz a história que este monge provou dos frutos diferentes que cresciam e achou que seu gosto era amargo demais, então resolveu torrá-los para ver se o gosto melhorava. O fruto tostado logo ficou seco e quebradiço. Então, sabiamente, resolveu colocá-los na água para que ficassem moles novamente. Eis que dessa ação derivou uma água de tom amarronzado e, após experimentar o que havia feito, percebeu que a “tal bebida” o deixava mais desperto e atento.

Outra corrente histórica defende que o café nasceu da observação de um pastor ao seu rebanho, que percebia a disposição e alegria de seus animais quando comiam a frutinha direto da árvore. Então, resolveu fazer uma infusão com as frutas e comprovou seus efeitos estimulantes. A partir desse momento, passou a utilizá-lo para ficar mais tempo acordado e foi incorporado como alimento.

O Café ganha o mundo

Café Ganha o mundo

No século XIV, quando chegou ao velho continente, levado pelo império Otomano até Constantinopla, a bebida era chamada de “vinho da Arábia”, pois os árabes lhe chamavam de qahwa, que em sua língua significa “vinho”. Mas, o café torrado da forma como bebemos hoje, só apareceu muito tempo depois, no século XVI.

Mesmo assim, o comércio da bebida ou dos grãos chegou à Europa, levada pelos vienenses que fundaram a Botteghe del Caffé, principal responsável pela popularização do hábito de torrar e moer o café. Foram os vienenses, também, que inventaram o costume de beber o café coado, adoçado e com leite. O famoso café vienense.

Descoberta da bebida

Até o século XVIII o café era considerado uma preciosidade pelos árabes, que sabiam de seu potencial e eram os únicos que cultivavam a planta e dominavam a produção da bebida.

No Brasil, hoje é o dia dele

Hoje, dia 24 de maio é o dia Nacional do Café. Entretanto, para nós e para cerca de 95% dos brasileiros acima dos 15 anos que consomem ao menos uma xícara da bebida diariamente, todo dia é dia do café. Desde o ano 2005, quando a data 24 de Maio foi incorporada ao Calendário Brasileiro de Eventos, a comemoração ganhou outra dimensão, passando a ser festejada também por industriais, produtores, exportadores, cooperativas, varejo, cafeterias e por todos os apaixonados por café.

A sugestão de se criar o Dia Nacional do Café no mês de maio, época que marca o início da colheita na maioria das regiões produtoras do país, foi feita pela ABIC – Associação Brasileira da Indústria de Café. O objetivo é promover, valorizar e manter viva, junto aos consumidores, a importância histórica, social e econômica deste produto que, desde que as primeiras mudas foram trazidas da Guiana Francesa para Belém, no Pará, por Francisco Melo Palheta, em 1727, é muito cultivado e apreciado em terras brasileiras.

Rapidamente o café espalhou-se pelas terras do Paraná, Minas Gerais, Goiás e Rio de Janeiro. Mas foi nas terras férteis de São Paulo que o café mostrou todo o seu potencial econômico. O café foi, e ainda é, um dos principais produtos agrícola do Brasil. Tanto é que o Brasil é o maior exportador de café do mundo e o segundo maior mercado consumidor, atrás apenas dos Estados Unidos.

Aprofunde um pouco mais o seu conhecimento sobre o café lendo os post Conheça os tipos de grãos de café e Verdades e mitos sobre o café!

Desejamos que vocês curta o Dia Nacional do Café com um delicioso cafezinho e saboreie toda a magia e história que ele carrega desde o século XVIII.

dia do café_baristo_2013

 

H - Botão Conversão Comparativo de MáquinasBANNERS-600