img-01

Como calcular o preço da dose de café

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Email -- Google+ 0 0 Flares ×

Precificar seu produto da maneira correta é essencial para que o seu negócio funcione! Se o seu café estiver com o preço abaixo do que deveria, o seu negócio pode não ser lucrativo. Se ele estiver com o preço muito acima do que deveria, seus potenciais consumidores podem não querer pagar por este café. Por isso, hoje vamos mostrar como calcular o preço da dose de café.

Quais são os seus custos dos produtos que você utiliza no café?

Antes de tudo, você precisa pensar nisso: que produtos envolvem a elaboração do café para os seus clientes? E quanto você paga por cada um deles?

Este é apenas o começo do cálculo que você precisa fazer para chegar ao preço ideal, mas ainda assim é bastante importante!

Digamos que os insumos que você utiliza são os seguintes:

– 1kg de Café Gourmet Grão da Baristo faz, em média, 150 doses;

– Uma caixa com mil sachês de açúcar

– Uma caixa de leite integral

Agora que já temos os produtos separados, é preciso entender quanto você paga por cada dose de café que irá elaborar. Ou seja:

Se esse 1kg de café custa R$51,40, este valor, dividido pela quantidade de 150 doses, fica: R$0,34 por dose.

Depois é só fazer o mesmo com os outros produtos e somar o valor da dose de cada produto. Este valor é o preço que você paga para produzir o café. Vamos ao próximo passo?

Outras despesas para a elaboração do café

Não esqueça que, além do custo dos insumos que você vai utilizar para fazer o café para seus clientes, você também terá a despesa de energia da máquina de café, da água que vai utilizar para lavar a louça e por aí vai. Todas as despesas devem ser pensadas e entrar nessa conta.

Insira o valor do lucro que você pretende obter

Agora que você já sabe quanto vai pagar para elaborar o café para seus clientes, é necessário acrescentar a margem de lucro que você pretende ter. Assim, o trabalho é simples: é só somar o custo de produção do produto à sua margem de lucro.

Pesquise os preços da concorrência

Outro fator essencial é que o seu preço não esteja muito acima ou muito abaixo da concorrência.

Por isso, pesquise! Veja quanto que os seus concorrentes cobram por uma xícara de café.

Caso você queira ter um preço diferenciado (seja mais baixo ou mais alto), procure justificar isso para seus consumidores!

Se o seu preço for mais alto, por exemplo, deixe claro aos seus clientes que isso acontece pelo fato de o seu produto ter mais qualidade, o seu atendimento ser melhor, etc.