Café: Uma história banhada por curiosidades

2 Flares Twitter 2 Facebook 0 Email -- Google+ 0 2 Flares ×

Do que é feito: O café é feito a partir de grãos torrados do cafeeiro. Essa planta vem das regiões altas da Etiópia, Cafa e Enária, lá elas ocorrem como plantas de sub-bosque de maneira espontânea. Diz a lenda que um pastor notando uma mudança positiva de comportamento em suas ovelhas, que comiam plantas de café, teve a ideia de fazer um chá das folhas de cafeeiro.

O nome: “café” vem da palavra árabe qahwa, que quer dizer vinho da Arábia, tal a importância desta bebida para os árabes. Lá foi o primeiro destino do café depois de sua terra natal.

cafe baristo

O consumo: Ainda na Arábia, o líquido preto era visto como bebida milagrosa, ajudando no combate de várias doenças da época, daí a magnitude refletida pelo nome dado ao café. Depois da conquista árabe, com a expansão do islamismo, foi a vez da Europa ser conquistada pela bebida milagrosa. E foi no velho continente que o café conheceu um parceiro fundamental, o açúcar. A mistura do doce com o leve amargor café foi a peça que faltava para impulsionar ainda mais a bebida mundo a fora. Leia mais sobre as verdades acerca do consumo de café no post Verdades e mitos sobre o café.

O estímulo para grandes ideias: Na Europa, em especial na França, o café começou a embalar e a estimular grandes ideias, caindo de imediato no gosto de intelectuais da terra de Napoleão, gente da grandeza de Diderot, Voltaire e Rousseau, três dos pais do pensamento moderno. A união entre produtividade intelectual e café se mantém intacta até hoje. Veja como o café já foi utilizado até como insumo para as artes no post Café como tela e Pincel.

A chegada em terras da América: A disseminação do café para as Américas é fruto dos holandeses, que trouxeram para a Guiana Holandesa (atual Suriname) esta deliciosa bebida. Depois de passar pela Guiana Francesa, o café foi trazido para o Brasil por Francisco de Melo Palheta, no início do século XVIII.

Economia: Durante todo esse tempo mais do que hábito prazeroso e cultural o café tornou-se parte da economia mundial, sendo uma das principais commodities comercializadas, impulsionou o motor econômico de diversos países e nos anos 80 só perdia em termos de valorização para o petróleo. O café é o legítimo combustível dos seres humanos.

Confira um pouco da história do café no nosso estado no post Café no Rio Grande do Sul.

E assim, agradecemos ao cafeeiro e ao pastor da Etiópia que descobriram o poder do grão e aos holandeses que trouxeram o nosso cafezinho de cada dia para a América. Dessa forma, agradecemos cada xícara de café que bebemos dentro e fora do Lar.

E agora, depois dessa aula sobre o café, nada melhor que encontrar o café Baristo mais próximo e sentir o sabor e aroma desta bebida tão cheia de histórias, crenças e curiosidades. 

cafe e graos

H - Botão Conversão Comparativo de MáquinasBANNERS-600