mulher-tomando-cafe.jpg

7 dicas para aumentar vendas em cafeterias

5 Flares Twitter 5 Facebook 0 Email -- Google+ 0 5 Flares ×

O setor de alimentação é um dos mais tradicionais e fortes do mercado. Porém, abrir um estabelecimento e mantê-lo no mercado é um grande desafio. É preciso garantir que as vendas estejam sempre lá em cima! Quando o movimento fica fraco, os próprios sócios desanimam e deixam de suprir o local da forma que deveriam. Mas aumentar as vendas em cafeterias e outros estabelecimentos de venda de produtos de alimentação não é nenhum bicho de sete cabeças, muito pelo contrário. Veja algumas dicas que poderão ajuda-lo a manter sua clientela e a captar muitos outros.

1 – Invista em publicidade

Sim, a publicidade pode ser um gasto significativo, mas ela deve existir durante toda a vida do seu negócio. Não adianta “bombar” na inauguração e nos primeiros meses e querer economizar nos demais, porque aí seu negócio vai cair no esquecimento. O que acontece é que quando você fica muito tempo com o mesmo material promocional, ele começa a passar despercebido pelos clientes, como se fosse invisível. Lance novas promoções, refaça periodicamente seus materiais gráficos investindo em design atraente, crie campanhas interativas entre cliente e empresa – mas sempre mantendo a identidade da loja, claro. E claro, busque colocar tudo o que planejar em prática: publique nas redes sociais, comunique ao cliente sobre as novidades, distribua flyers em locais estratégicos da cidade…

2 – Troque o cardápio e faça promoções

Você pode manter o carro-chefe de produtos do cardápio, mas procure ter sempre novidades. Faça promoções em determinados dias da semana, destacando um dia para um produto diferente com um preço especial ou em combo ou faça promoções combinadas, do tipo “compre isso e ganhe aquilo”. Use a criatividade de acordo com o que é viável para seu estabelecimento!

3 – Divulgue nas redes sociais

Esse deve ser um movimento constante, pois as redes sociais são uma das melhores fontes de captação de clientes. Através delas, você leva amigos para a página do seu negócio e publica as últimas novidades, inclusive as promoções e as novidades do cardápio. Faça posts pequenos, que chamem a atenção mas não deem muito trabalho para serem lidos – Facebook não é feito para isso. No Instagram, coloque fotos dos seus produtos e da rotina do seu estabelecimento: compartilhe momentos! E sempre responda aos comentários, mesmo que pareçam críticas, de forma atenciosa e bem humorada.

4 – Atualize-se

Você pode já ter reparado que aquele concorrente tem mais movimento que você, então busque entender o que está propiciando esse aumento de fluxo de clientes. Você não precisa fazer igualzinho a ele, mas pode buscar se atualizar visitando outras empresas do ramo, entrando em contato com novos fornecedores, captando informações de mercado para conhecer as novas tendências… Busque ideias e procure adapta-las ao estilo da sua loja!

5 – Conheça melhor seu público alvo

Busque entender quem são os clientes que mais frequentam seu estabelecimento: qual a renda aproximada deles, qual a média de idade, quais os principais gostos e preferências, em que horário há maior movimento… Envie e-mails marketing ou newsletter – sempre com conteúdo relevante e original – periodicamente, com o cuidado de não encher demais a caixa de entrada do cliente para não ser chato. Ofereça uma degustação na data de aniversário dele ou uma promoção do tipo “se vier com quatro acompanhantes, o aniversariante ganha uma torta para a comemoração”. Procure também informar ao cliente como poderá entrar em contato para sanar dúvidas, sugerir ou criticar alguma coisa.

6 – Mantenha seus funcionários bem treinados

Garanta o bom atendimento do seu estabelecimento. Pessoas mal servidas não voltam e funcionários mal encarados, desleixados ou indiferentes espantam a freguesia. Mantenha-os sempre bem capacitados para servir o cliente com agilidade, educação e paciência.

7 – Prime pela limpeza, sempre

Qualquer estabelecimento do ramo da alimentação precisa estar impecavelmente limpo, em qualquer hora do dia, em qualquer dia da semana. Não tem nada que afaste mais a freguesia do que uma cafeteria com pingos de café ou restos de pão ou biscoito no chão ou balcão – dá logo a impressão de falta de higiene.

Preste atenção nessas sugestões e as torne rotineiras no seu estabelecimento. Em pouco tempo, seus clientes não só voltarão como levarão os amigos, parentes, namorados… Fica a dica!

Leia mais sobre o assunto em 5 características de uma boa cafeteria.

H - Botão Conversão Comparativo de Máquinas

BANNERS-600